Arquivo do mês: maio 2016

MrsKhrushchev-Jackie-O-500x264 kennedy-family-P Ouvindo, lendo, assistindo, baixarias, vulgaridades, idiotices, de mal informados, de confusos ideológicos a serviço da esquerda corrupta, de mobilizados, frustradas, do pessoal do Nós x Eles, nas Ruas, TVs, escolas, universidades, jornais, internet, desferidas contra Marcela, esposa do presidente Michel Temer, relato momentos de Primeiras damas no comunismo, no capitalismo, em países emergentes. E no Brasil, que valorizava a instituição Presidência da República. E no Brasil, da Década do Escracho, mediocridade, do cuspe, do dedo- pênis.

jbk-time-coverridingtogether Foi nos Estados Unidos, berço da publicidade, do marketing, das celebrações: Natal, Dia do Trabalho, das Mães, dos Pais, da Criança, que floresceu The First Lady, Primeira Dama, como conceito, título, imagem, representatividade. E seu auge foi a bela, do lar, recatada, Jaqueline Kennedy.

Antes dela e da TV, Eleonor Roosevelt, conclamava milhões aos esforços de guerra contra o nazismo. Liberal, considerada da Esquerda, Eleonor vinha de lutas pela emancipação econômica e social da mulher. Influenciou o marido Franklin Roosevelt no apoio a Stálin contra Hitler, com os EEUU no comando das forças aliadas.

Nancy Reagan, esposa de Ronald Reagan, ator- presidente, recatada, do lar, contribuiu para avanços nas pesquisas contra o câncer. Ela abriu a Casa Branca para artistas pop. Convidava atores, atrizes, para jantares oficiais. Prestigiou museus. Danças nas escolas (filho do casal era bailarino clássico).

Michelle Mulata Beoynce na Casa BrancaMichelle Obama, a Primeira- primeira dama negra, do lar, recatada, culta, disciplinadora das filhas (a mais velha vai cursar a universidade Harvard, de onde seu pai saiu para presidir o país). A imagem, educação e cultura da primeira dama dos EE.UU exercem influência no comportamento e no modismo da população.

Michelle batalhou e está vencendo a obesidade nas escolas. Apoiou o marido em controvertidas decisões a favor do movimento gay. Negras, latinas, brancas, vestem-se como ela. E rebate gossips– fofocas: “Não! Michelle Obama não tem ciúmes de Beyonce”.

Nadejda Krupskaia, a Primeira Camarada da União Soviética.

Russiasoviet-space-program-propaganda-poster-10krupskaya Lênin e Nadezhda Krupskaia, sua esposa. Gorki, setembro de 1922.Professora, Nadejda conheceu Vladimir Lênin na clandestinidade. Pegou em armas. Mas, seu forte, nos primeiros anos da Revolução, foi defender museus, arquivos, o ballet imperial russo, as riquezas literárias e artísticas de seu país, contra vândalos, saqueadores, mobilizados da anarquia.

Ela sabia que Stálin tramava para ser Absoluto. Não deu outra. Imediatamente à morte de Lênin, Stálin perseguiu, “sumiu” camaradas do Partido que poderiam competir com ele. Para mudar o testamento de Lênin que o considerava bruto demais para as grandes tarefas da recém criada União Soviética isolou Nadejda do Comitê Central. (Eu não devia, mas, em visita reservada ao Kremlin, sentei-me na cama do casal).

A camponesa Nina Khruschev

Sem imprensa livre, das esposas dos dirigentes do Partido, do governo, os russos sabiam o que a Tass, agencia estatal de notícias, distribuía. Nos meus sete anos em Moscou nunca vi, ouvi, assisti, nada sobre as Primeiras Camaradas.

18-on-a-1959-trip-to-the-soviet-union-the-second-lady-engaged-its-first-lady-nina-khrushchev 166710902 5418919579_137ef88af1 3967da6c0b0577415b3fbed5840297e9 Raisa

A exceção está em Nina Khruschev. Simpática, gorduchinha, jeito de ingênua, camponesa no vestir, no andar e no aperto de mão. Ela encantou, e ficou encantada com Hollywood. Com seus gestos naturais, esqueceu o protocolo, e passou o braço forte na cintura da magricela Pat Nixon. 2. Frank Sinatra cantou Strangers in the night para ela. Alisando o cabelo de Marylin Monroe, perguntava: “como você consegue essa cor, parece o milho ucraniano brilhando ao sol”. 5. Raisa Gorbachev já em tempos de Perestroika (Mudança) viajando com o marido para encontros com líderes do Ocidente foi a moderna e última Camarada Primeira Dama do comunismo soviético.

A convite do embaixador Henrique Rodrigues Valle, para recepção na embaixada da Polônia, tive o prazer de sentir o aperto de mão de Nina Khruschev . Ela é a minha preferida Camarada Primeira Dama. Ao ver as fotos enxergo nela a babuska, a querida, solidária, aconchegante, Vovó russa.

Peng Liyuan, a Primeira dama da nova China.

Temernte-chines-xi-jinping-ao-lado-de-sua-mulher-peng-liyuan-em-2013-1455840088669_615x300 General de brigada, cantora lírica (soprano), estrela de TV, recatada, bonita, do lar, elegante, ícone fashion. Seu programa de despedida da TV, para ser Primeira dama da China, alcançou 700 milhões de espectadores. Três vezes a população do Brasil.

Peng Liyuan é influência positiva nos lares, escolas, na imagem da mulher chinesa dos novos tempos. Comunista, ela defende a modernização da China, sem abrir mão dos valores e tradições de seu povo.

A esquerda saudosista, principalmente, professores, intelectuais, artistas, devem ler e pesquisar as transformações que modernizam a China, segunda Estrela Guia dos comunistas brasileiros.

Temerombate-durante-cupula-do-g20-em-canberra-na-australia-em-2014-1455840213121_300x300 - Copia

Alô, alô, mestres universitários, divulgadores e defensores de mantras, dogmas, ante americanos:

Enquanto Lula viajava de braços com Hugo Chávez, Evo Morales, Omar Kadafi, Ahmedinejad, anunciando o Socialismo Bolivariano do Século 21, distanciando o Brasil dos centros de Saber, Pesquisa, Ciência, Tecnologia, Xi Mingze, filha do primeiro casal da China comunista, estudava, com nome falso, (por questões de segurança), na Harvard University, berço de capitalistas famosos: Kennedy, Bush, Obama…

A porção negritude engajada nas mobilizações eleitorais de Lula devem dar um tempo nos protestos, e ler, pesquisar, se informar. No terceiro mundo que admiramos e apoiamos, ninguém quer Primeira Dama mal vestida, chupando os dentes, mostrando o dedo- pênis, falando palavrão, arrotando na mesa, gritando com empregados.

A bela, do lar, recatada, Ana Paula dos Santos

Ana-Paula-dos-Santos Aisha-Buhari-@-Politoscope chadhinda-840x560 Marharet-Kenyatta-840x564

A primeira dama Ana Paula, foi modelo. Esposa de José dos Santos, presidente de Angola. 2. Aisha Buhari, primeira dama da Nigéria. 3. Hinda, elegante, fashion, primeira dama do Chade. 4. A primeira dama Margareth Queniatta.

Elas respeitam e dignificam seus povos

rainha-isabel-ii-2010dianaspencerthatcher46

7fd0e63128383febbb9eee6bea6829d5$_35índice Argentina macri esposa filhamacri

maxima sapphire tiara imagesmAXIM E FILHOSBlogEvitaFilmeevadeargentina4 evita-peron-black-dress

Rainha Elizabeth, Primeira dama da Europa. A princesa Diane foi a seu modo a jovem e charmosa primeira dama da Inglaterra. Margareth Thatcher, primeira Ministra e Primeira Dama da Grã Bretanha. A nossa elegante, recatada, do lar, Rainha Silvia da Suécia. A bela, recatada, do lar, Grace Kelly. Cantora, elegante, Carla Bruni, esposa de Nicolás Sarkozy, primeiro- ministro da França. A bela, recatada, do lar, inteligente, Primeira Dama da Argentina. A rainha Máxima, bela, recatada, do lar, Primeira dama da Holanda. Evita Peron continua no coração e alma de milhões de argentinos.

No Brasil que valorizava a Presidência da República:

52 g_foto08 Brasilia1474400_565469340206859_1505867816_n

Shot017_thumb[2]Collor saindo de Brasilia dona-ruth-nova i45808

1. Santinha, esposa do cuiabano presidente Eurico Gaspar Dutra. Fofoca da época: Dutra manda no Brasil, Santinha manda no Dutra.  Recatada, do lar, Sara, com JK, escreveram a história do Brasil moderno. 3. Nós, estudantes, mobilizados, dizíamos, com orgulho: “Os Estados Unidos têm Jaqueline, o Brasil tem Maria Tereza”. Naqueles dias, as Primeiras damas mais bonitas do mundo. 4. Dos generais, Dulce Figueiredo foi a que mais se destacou. Rosana segurou o rojão do impeachment sempre ao lado de Fernando Collor. 7. Ruth Cardoso, culta, recatada, do lar, criou o Comunidade Solidária, início dos programas sociais como Bolsa Família…(Ela foi Miss). 8. A primeira dama Marisa, em oito anos, sempre com Lula nas campanhas eleitorais.

No Brasil que desvalorizava a instituição Presidência da República:

Lula-Lurian filha tambem recebeu beneficios Lula neta dedo Marisa

1. A Primeira filha mostra o dedo- pênis. 2. Neta do presidente Lula ameaça com o dedo- pênis. 3. A Primeira dama Marisa manda o pessoal do panelaço meter as panelas no ku. 4. O presidente Lula, Chefe, Intocável, achando-se o Cara, o homem mais honesto do Brasil, aquele que nunca leu um livro e não precisa de diploma universitário para governar o país- continente, “exemplo” para crianças, estudantes, lares, gerações, manda “esse pessoal”, (da Justiça) meter o processo no ku”.

Palavrões, gritaria, baixaria, mediocridade, e muita corrupção de dinheiro, princípios, ética, foram marca registrada da Década do Escracho, aplaudida por jornalistas, intelectuais, professores, artistas, Nem- Nem mobilizados.

006201d0 Marela Dilma a bela marcelamarcela-temer-2015-1-original

É nesse clima de tons cinzentos, do relativismo imbecilizante, dos direitos públicos sem obrigações públicas, que Marcela assume como Primeira dama do Brasil economicamente quebrado, socialmente embrutecido, moralmente corrompido, e com a sua imagem no exterior em seu nível mais baixo.  

Nunca antes na história desse país” esfarelado pela grosseria, má educação, cultura de beco escuro, incompetência, burrice, corrupção sistêmica, embrutecido pelos maus exemplos da presidência da República, precisamos e muito de mulheres discretas, educadas, cultas. E, se bonitas e competentes, melhor ainda!

Acom faixa historia113001325_1172438896109258_6208400334704928874_n

Dedico esta edição a querida e adorável Adriana Krambeck. A conheci Miss Michigan USA. Ela, com 1.82 de altura ( sem sapato alto), eu com 1.67. E 24 anos de diferença entre nós. Companheira na criação do Brazilian Day, apoio e paciência nas minhas funções no governo de MT. Após 20 anos, deu-me a graça de um reencontro. 2. Ela recebe no palco do Brazilian Day a Proclamação da Prefeitura de NY oficializando o evento anual nas festividades da cidade. Happy Birth Day Adriana!

Trilha sonora:

Divulgue. Encaminhe www.oreporternahistoria.com.br E-mail, imagens, noticias, enviar para: oreporternahistoria@gmail.com. Ver Jota Alves-FACEBOOK. Também www.odiadobrasil.com. Melhor leitura em zoom 125. Textos e imagens deste blog podem ser copiados, encaminhados, distribuídos, sem consulta prévia ao Editor.

*Jota Alves fez a faculdade de Direito Internacional em Moscou. Em Nova York, hasteou a primeira bandeira brasileira no centro da cidade dando inicio à Rua brasileira-Little Brazil. Fundou o jornal The Brasilians e criou o Brazilian Day. Em Mato Grosso, seu estado natal, foi Secretário Extraordinário de Governo. Edita, quinzenalmente, www.oreporternahistoria.com.br e com Adriana BH www.odiadobrasil.com

 

 

 

Se existe Vice, usemo-lo, diria o presidente Jânio Quadros. O primeiro Caçador de Marajás. A Vassoura que limparia a corrupção. Jânio, como Lula, foi a Grande Esperança da nova capital, do Brasil novo.

Janio vem aíJan Jan no-brasil Janio com Fidel

O mato-grossense foi eleito pela Direita da época. Pelos que tramaram o “golpe” contra Getúlio Vargas. Vitória sobre o Marechal Henrique Teixeira Lott, candidato dos nacionalistas, do PCB, das centrais sindicais. Da Esquerda, sem ser da esquerda.

Carismático, com papo rebuscado para impressionar, Jânio afagou a Esquerda ideológica (não se conhecia a Esquerda corrupta) condecorando Che Guevara, Yuri Gagárin, almoçando com Fidel Castro.

No auge da Guerra Fria, manobrou bem. Jânio o protegido e porta voz da Direita, ficou simpático para a Esquerda. Mas, era pouco para ele. Na sua alucinação alcoólica, queria mais, muito mais. Premeditou golpe para “voltar nos braços do povo” livre de pressões civis e militares. Um “ditador liberal”.

Jango-Goulart-e-Mao-Tse-Tung-Portal-Conservador-300x177

O seu timing foi perfeito. Renunciou. Denunciando “forças ocultas” exatamente quando o avião do Vice- Presidente João Goulart entrava no espaço aéreo da República Popular da China que prometia ser mais comunista que a matriz União Soviética. Ele sabia que militares, Igreja, empresários, os EE. UU, não queriam Jango, o “vermelho”, na presidência da República.

Com, o fi-lo porque qui-lo, Jânio jogou o Brasil no túnel das incertezas. Passaram-se 55 anos. E o país continua esfarelado pela renúncia de Jânio, após ditadura de 21 anos.

APP04M13562-13 028_2 033

Na imprensa, líder estudantil, vivi no centro daqueles dias. Com Rádios de Mato Grosso na Cadeia da legalidade de Leonel Brizola. Estudante no colégio Elefante Branco, Secretário Geral da União dos Estudantes Secundários de Brasília, Secretário Geral da Mocidade Trabalhista do Brasil, vi Tancredo Neves, Brochado da Rocha, Hermes Lima, serem empossados Primeiro Ministro do Parlamentarismo. Viajei mobilizando milhares pela volta do Presidencialismo.

Estagiário junto ao mestre Santiago Dantas, ministro das Relações Exteriores, sonhei em servir ao Brasil em missão no exterior. Um ano depois, ingressei na Faculdade de Direito Internacional da universidade da Amizade entre os Povos (Patrice Lumumba), criada por Nikita Kruschev. Sem ser diplomata, vivi o sonho, my way, muito bem vivido no exterior.

Floriano Peixoto

índice

A República nasceu e cresceu aceitando, sem traumas, que o vice Floriano Peixoto assumisse, definitivamente, a Presidência. Primos, ambos de Alagoas, graduados da Guerra no Paraguai, tramaram a queda do Império em Cuiabá, centro político- cultural de imensa região do Brasil. O cadete- estafeta que levou o bilhete para Deodoro da Fonseca com o OK da tropa foi Cândido Mariano da Silva Rondon.

A intelectualidade, as universidades, não estudaram, não pesquisaram, devidamente, o vai e vem de militares. Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto foram presidentes da Província de Mato Grosso. Ambos casaram-se em Cuiabá. Perdemos, mas, ainda podemos recuperar, um grande momento histórico- promocional. A República nasceu em Cuiabá!

Delfim Moreira.

DElfim MoreiraíndiceDos 24 Vices, o paulista Delfim Moreira, com a morte de Rodrigues Alves, foi o segundo a assumir definitivamente a presidência da República.

Ditador, em 1934, Getúlio Vargas, extinguiu o cargo de Vice Presidente. Com a sua primeira queda, em 1946, a Vice Presidência foi restaurada com aberração programática, ideológica: candidato a Vice não precisava ter fidelidade partidária. Votava-se no presidente e no vice, de partidos diferentes, em separado.

A esquizofrenia política- eleitoral contamina gerações: João Goulart foi candidato da Esquerda, vice na chapa de Henrique Teixeira Lott, o militar que garantiu a posse de Juscelino, ameaçada por conspirações e revoltas militares. Mas, era também vice de Jânio Quadros, o candidato das oligarquias, da Direita. Até 1964, o Vice Presidente da República era também o Presidente do Senado.

Café Filho e mais dois presidentes em três dias.

VargaseleeCafe   imagem_materia1196495837_cafe_luz_e_ramos

João Fernandes Campos Café Filho, esse sim, um conspirador. Do Rio Grande do Norte, deputado federal pelo PSP, conchavou e conseguiu ser o vice de Getúlio Vargas. Com o suicídio do presidente, ele assumiu e governou o Brasil por 14 meses. Aliou-se a Carlos Lacerda e aos militares que queriam a derrubada de Vargas. E na sequência, tramou contra a posse de Juscelino e de seu Vice, João Goulart.

O Marechal Lott colocou tropas nas Ruas. Cercou o Palácio do Catete. Café Filho, Carlos Lacerda, e outros, fugiram para Santos. O navio poderia ter sido bombardeado, mas, não foi. Carlos Luz assumiu a presidência. Mas, também do grupo da conspiração foi substituído por Nereu Ramos. Em três dias, tivemos 3 Presidentes da República.

João Goulart

chapa Lott para presi 027 Janio renuncia louco

Herdeiro político de Getúlio Vargas, ministro do Trabalho, coube a ele divulgar a Carta Testamento de Getúlio. João Goulart foi eleito na chapa com Juscelino, o “simpatizante”, amigo do comunista Oscar Niemayer. Jango foi vice do Marechal Lott. Mas, venceu as eleições como Vice de Jânio Quadros, o candidato das oligarquias.

Como Dilma Rousseff, (vítima das armações política$ de Lula) João Goulart foi vítima das alucinações de Jânio Quadros. Não vivíamos sob “céu de brigadeiro”. A Guerra Fria era realidade atômica e o fazendeiro gaúcho foi apanhado em pampa aberto na peleja União Soviética X Estados Unidos. Comunismo X Capitalismo. Perdeu.

brasilurss Guerra Fria BRASIL Guerra Fria - EDUCADOR Fidel com Kruschev

Erro dialético, ideológico, erro de análise, erro tático, cometem os mestres, professores, intelectuais, artistas, que repetem, ensinam, transferem, aos estudantes, trabalhadores, mobilizados, dogmas, mantras, a história deles, do “golpe” contra Getúlio, do golpe contra Jango, para a realidade atual, dil-mística. Nada a ver.

Cuba proclamando-se comunista nas barbas do Tio Sam. Che Guevara espalhando que queria criar um Viet Nam na América do Sul, a guerra fria:  derrubaram João Goulart. Discursavam contra a República sindical, a bagunça administrativa, contra casos isolados de corrupção, mas, foi na luta ideológica que o “comunista” João Goulart perdeu a presidência.

José Sarney

39249-970x600-1 Sarney jura Um clássico da “governabilidade” a brasileira. Da Arena, partido da ditadura, defensor da oligarquia e do latifúndio maranhense, carimbado como de Direita, Sarney acaba sendo o vice presidente de Tancredo Neves, do MDB, veterano das lutas políticas, mas, ousadamente contra o regime militar, apoiado por democratas e pela Esquerda. Eleitos, Tancredo Neves morre antes de assumir a Presidência.

No dia 03 de março de 1985, José Sarney faz juramento como Presidente da República. Craque da articulação, conseguiu mais um ano de mandato. Junto com o governador Carlos Bezerra, estive em ocasiões importantes com o presidente Sarney: inauguração da ponte rodo ferroviária sobre o rio Paraná que levaria o trem à Cuiabá. Passaram-se 31 anos. A ferrovia não chegou.

Em viagem à Bolívia na  proposta da saída para o Pacifico. Nos repetitivos encontros para discutir a dívida dos Estados. Na instalação do FCO. E, para mim, no mais importante momento: a criação do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

Itamar Franco

Collor marajas itamar-franco_f_029 Fernando Collor, como Lula, foi a Esperança que vinha do nordeste. O segundo Caçador de Marajás caiu por arrogante, nariz empinado e com “aquilo roxo demais”. Não soube dialogar com as raposas do galinheiro chamado Congresso. Perdeu.

Recebi rascunho de comparativo entre a corrupção praticada por Paulo Cesar Farias e José Dirceu. Lula desqualificou denúncia de corrupção de filho e mais chegados como “uma merreca”. Acertou.

É claro que havia outros, mas, Paulo Cesar Farias foi o primeiro e principal operador de Collor. José Dirceu foi o cérebro da Organização que cresceu com muitos operadores e Guerreiro$.

Paulo Cesar 1143127580-Não há comparação entre “o mal feito”, as merrecas, de Paulo Cesar Farias, com o tsunami de dinheiro que José Dirceu (e companheiros) movimentaram em nome do Projeto. Já se comprova que o estrago Lula Dilma aos cofres públicos do Brasil passa de 600 bilhões de reais. Por enquanto.

Com tons de cinza diferentes vivemos com Collor o que vivemos hoje com Dilma. A Esquerda a favor do impeachment de Collor. A Esquerda contra o impeachment de Dilma. Houve golpe contra Fernando Collor de Mello? Há golpe contra Dilma Rousseff?

Itamar

Com Collor, a sofreguidão institucional e popular foi bem menor. Minutos antes da aprovação do impeachment, ele renunciou.

O vice Itamar Franco assumiu na onda de otimismo. Com seu ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, emplacou o Plano Real. O mineiro Itamar Franco, morreu senador da República.

Michel Temer

dilma_e_michel_temer-300x200

Hoje, 9 de maio de 2016, 23 horas, o futuro do vice presidente Michel Temer não está definido, claro. A velha pergunta do bardo inglês é mais atual que nunca: To be or not be. Temer, continuará Vice? Assumirá por 180 dias, e definitivamente, o lugar da presidente Dilma Rousseff?

Se, a TV Globo, a maior formadora de opinião, e as demais; se, as universidades e escolas, dedicassem tempo útil à história do Brasil, a debates políticos, milhões de brasileiros saberiam que desde Floriano Peixoto é normal, constitucional, o Vice ocupar a presidência da República, interina, ou definitivamente.

E que por isso mesmo é fundamental que o brasileiro saiba escolher seus candidatos a todos os cargos eletivos, mas, e principalmente, o presidente e o vice que governarão o país.

Trilha sonora: 

*Jota Alves é formado em Direito Internacional. Em Nova York, fundou o jornal The Brasilians, em 1985, criou o Brazilian Day, dedicando o primeiro BD à Tancredo Neves. Foi Secretário Extraordinário do Governo de MT. Edita www.oreporternahistoria.com.br e com Adriana www.odiadobrasil.com. Ver Jota Alves-FACEBOOK.

Divulgue. Encaminhe www.oreporternahistoria.com Imagens, e-mail para ler na íntegra, texto para Escreve que eu publico, enviar para: oreporternahistoria@gmail.com. Melhor visual zoom 120.