Arquivo do mês: setembro 2018

“Foi como uma pedrada estilhaçando a minha janela. Estávamos reunidos falando dos rumos da América do Sul, quando minha filha, entrou na sala, chorando, com um papel na mão: “Olha o que Lula fez com o Brasil”: a imagem dele com Evo Morales condecorados com folhas de coca, de onde extraem cocaína e crack.

“Ela vivia defendendo o Brasil na escola que havia organizado aulas sobre os malefícios das drogas. Minha filha sofreu chacotas. Foi humilhante. Foi doloroso”. (Pedro Junqueira, Maryland)

Não houve repudio do Congresso. Não houve repudio do Supremo Tribunal Federal. Não houve repudio dos Reitores das universidades federais. Não houve repúdio de artistas. De intelectuais. De Pastores. Padres. Se há, desconheço. Se há, enviem para oreporternahistoria@gmail.com. Publicaremos com destaque.

“Nunca antes na história do Brasil um presidente da República nos afrontou tanto, nos jogou no lixo da história, como Lula, na imagem com o presidente da Bolívia, vizinho que nos inunda de cocaína e crack.  (João Maldonado, Cáceres, MT).

O Globo Repórter, Profissão Repórter, Domingo Espetacular, Fantástico, praticando jornalismo investigativo, do mais relevante interesse do país, poderiam mostrar os motivos que levaram Lula a postar-se com o presidente declaradamente cocalero, em foto publica, de poder letal. Humilhante para o Brasil.

Houve consulta prévia? Negociação com o Cerimonial? O ministro das Relações Exteriores foi consultado sobre a conveniência, ou não, da foto? Ou Lula decidiu sozinho, como sempre fez, na arrogância, sentindo-se imbatível, com o Rei na barriga, “me lixando, cagando, pelo que pensem”.

Nem Pablo Escobar, nem Chapo, ousaram tanto!

Nem Pablo Escobar, maior traficante de cocaína do mundo; nem Chapo, poderoso Chefão de cartéis mexicanos, ousaram fazer propaganda explícita de cocaína, extraída da folha de coca. Lula, fez!

Como os desmandos, os empréstimos, doações, perdão de dívidas, decididos por Lula, e confirmados por Dilma, a foto da Humilhação Nacional, foi aceita coletivamente. Eram dias de muita euforia química e política.

O Socialismo Bolivariano do sec.21 estava chegando. Sem Exército nacional. Fronteiras abertas. O mundo das “minorias”, dos desejos sexuais reprimidos, dos terroristas da Fé, congregados na UNASUL, sob os pilares de Hugo Chávez e dos Vice-Rei regionais, tipo Dom Luís Inácio Lula da Silva.

“Evo Morales fez de Lula seu garoto-propaganda. O “maior do mundo”, o país continente, serviu ao marketing de oficializar mais plantação de coca. Mais divulgação da Bolívia, competindo com colombianos e peruanos, pela exportação de derivados da folha de coca”. (Ricardo Menezes, Acre).

“Para que marqueteiro, se Evo Morales tem Lula e Dilma, para plantar mais coca”? (Professora Izabel do Carmo, SP).

“Não se pode mais falar em Pátria. É cafona. “Direita”. Mas, a foto de Lula com colar de coca, planta que produz cocaína, crack, provocam mortes, assassinatos, tiroteios, é imagem de lesa-pátria, sim. Deveria ter sido punido bem antes da Lava Jato” (Pedro Fontana, Roma).

“Considero Lula responsável pela inundação de cocaína e crack no Brasil. Tão traficante como Beira Mar. Lula, em breve, solto. Beira Mar continuará preso” (Ademar Lins, São Conrado, Rio).

“CC: corrupção e cocaína. Marcas registradas dos 13 anos malditos: 13 milhões desempregados, 13 milhões Nem-Nem, 13 bilhões “investidos” em Cuba, Venezuela, Nicarágua, Guine Equatorial, Angola…13 mil falências fechando firmas. 13 Museus queimados. Quantas mortes por cocaína e crack? (Maria de Lourdes, Tijuca, Rio).

“Lula sujou a imagem do Brasil, mas, continua mudando e impondo regras eleitorais. Preso, mas no ar. Tudo perfeitamente normal, como a foto dele com colar de coca”. (Milena Santiago, Barcelona).

“Não conheço mulher petista, nenhuma mãe-militante-das minorias, condenando a foto, abertura das fronteiras para Mais e mais cracolândia, fazendo filhos viverem na degradação, no lixo. Não conheço uma líder feminista condenando o que Lula e Dilma fizeram com o Brasil” (Jussara Lima, São Paulo).

 “Depois de 60 milhões de mortos e muita destruição, foram analisar o perfil psicótico de Hitler. Tarde.  Depois de 40 anos no poder, estuprador de homens e mulheres, terrorista, drogado, falam em analisar o perfil de Omar Kadafi. Também o de Hugo Chávez. Tarde demais pelo mal que fizeram”. (Jonas Freire, Recife)

“Lula é um psicótico neurótico. Quando forem analisar a carcaça dele, o Brasil, com seu possível retorno ao poder, estará muito pior que a Venezuela. (Oswaldo Freitas, Rio).

Lá atrás, muito atrás, com ele cruzando ares e mares a bordo do Aero Lula, lançamos aqui: Lula distanciou o Brasil dos centros de Pesquisa, Ciência, Tecnologia, Modernidade.

Quando Barack Obama, primeiro negro presidente dos Estados Unidos, um discriminado, estendeu a mão para o primeiro operário presidente do Brasil, um discriminado, Lula virou-lhe as costas. Como virou as costas para o Canadá, Holanda, Inglaterra, Noruega, Austrália, Nova Zelândia, Israel, centros de Saber e Conhecimento.

Com discurso de Terceiro mundo, sem Segundo Mundo, Lula foi aninhar-se nos braços de ditadores, terroristas, corruptos. A escória mundial.

“Passe Lula num liquidificador de ideias, sairá uma pasta suja. O que Lula defende e quer para o Brasil: Comunismo? Socialismo? Capitalismo? Liberalismo? Nem Ele sabe. Mas, com discurso e promessas enganosas Ele compra milhões de eleitores com migalhas sociais. E criou massa de fanáticos. (Lucio Mauro, BH)

“Lula é um anarco-sindicalista fortalecido por esquema de corrupção e cobertura dos magnatas do narcotráfico. Para manter-se, e a seu grupo no poder, Lula não só “pisa no pescoço da mãe” (como disse Brizola) mas se unirá mais ainda ao terrorismo internacional. Sujeito sem escrúpulos, descartou ética e moral.  (Frederico Menezes, Brasília).

“O nível ético é muito baixo. Grande parte da população aceita tudo. Dizem que Lula não merece estar preso. Impeachment deveria tê-lo tirado da presidência no estouro do Mensalão. Ele estraçalhou as finanças, indústria, cultura, as artes. Lula é uma fraude aceita. Ele ainda vai causar muitos danos ao Brasil” (João da Costa, São Luís).

“Luta de classes nas favelas? Luta de classes nas cracolândias? Só para redatores do jornalismo “ideológico” da TV Globo, e outros. Nós X Eles. Quem? Traficantes X Traficantes. Tiroteios “revolucionários”? Corruptos X Corruptos. Reitores, universitários, “Mestres”, “filósofos”, tipo Marilena Chauí, ensinando que Lula é a salvação. Líder de que? (Edmundo Martins, SP).

“ Lula é um sortudo. Não tem oposição organizada. Candidatos querem tirar casquinha dele. O governo Temer, continuação de Dilma e Lula, não abre processos, não divulga a sujeira. Cadê os empréstimos e financiamentos secretos? Não fosse a coragem, a determinação, a seriedade, do Juíz Sergio Moro, Lula estaria candidato, pronto para finalizar a desgraça do Brasil (Beto, NY).

“É do exterior, caro Jota Alves, que a gente pode ver com mais clareza, a guinada perversa que deram no Brasil. Admirados, queridos, por nossa música, futebol, culinária, carnaval, hospitalidade, belezas naturais, brasileiros sempre foram recebidos e tratados com deferência, admiração, curiosidade positiva. Não mais. A imagem do Brasil está na lama. Notícias e imagens horríveis. Li 1 e 2, concordo: Lula sujou a imagem do Brasil (Nelson Pimentel, Montreal).

Amigos para siempre

“Considero Lula facilitador, responsável, pela inundação de cocaína e crack no Brasil. Tão traficante como Beira Mar. Lula, em breve, solto. Beira Mar continuará preso” (Ademar Lins, São Conrado, Rio).

“Vi cartão postal da imagem de Lula com Evo Morales usado como salvo-conduto e senha na fronteira Brasil- Bolívia. ( Carlos Honório, MT)

Trilha sonora: Risque meu nome de seu caderno: Escolha de Joilce Magalhães, ex-militante-eleitora de Lula.

Por favor, Encaminhe. Copie. Distribua. Texto opinativo, original, sempre em www.oreporternahistoria.com.br. Envie seu e-mail para oreporternahistoria@gmail.com.

Paisagens, ouro, couro, carne, madeira, plantas, animais, açúcar, café, soja, arara, papagaio falante, macaco brincando com o pinto, ajudam. Mas, são pessoas que constroem a imagem de um povo e garantem, ou não, o sucesso de um país.

Pedro II, um high- tech de seu tempo

Das viagens ele trazia sementes, mudas, invenções, livros. Foi um high- tech de seu tempo. Em 1876, na Feira de Tecnologia da Filadélfia, Graham Bell pediu a D. Pedro II que divulgasse o reprodutor de voz que acabara de inventar, precursor do telefone.

Fotografo, D. Pedro II deixou imenso acervo, parte do qual destruído no incêndio do Museu Nacional, administrado pela fina flor do esquerdismo universitário lulista- dilmista- boulista- chavista.

Desconhecido por gerações teleguiadas, codependentes do Socialismo Século 21, D. Pedro II mantinha ativíssima correspondência com as figuras mais importantes de seu tempo.

Mundialmente conhecido como Patrono da Arte e Ciência, D. Pedro II foi marqueteiro de seu país. A  contribuição dele para a imagem do “jovem” Brasil levantando-se do berço da independência foi extraordinária, fundamental. A “contribuição” de Lula foi distanciar o Brasil dos centros de Ciência, Pesquisa, Tecnologia, Modernidade, e jogar-se nos braços de Hugo Chávez, Evo Morales,Ahmdinejad, Kadafi, Ortega, e ditadores africanos.

Mais que ouro, couro, madeira, frutas, plantas, arara, papagaio falante, foram pessoas Brasileiras que fincaram raízes da boa imagem do nosso país. E são muitos. E são muitas. Rascunho alguns:    

Hipólito José da Costa em 1808, cria em Londres, o Correio Braziliense, primeiro jornal brasileiro no mundo. Santos Dumont, coloca uma terra chamada Brasil nas manchetes, nos salões, universidades, empresas, de Paris, da Europa, do mundo.Pixinguinha e os 8 Batutas sacodem Paris com um ritmo diferente de todos. Gostaram do Chorinho, coisa nossa.

Getúlio Vargas tentando construir uma nação. Mas, atacado pela Intentona Comunista de 1935, e pela Revolta Integralista de 1937. Não tínhamos nada de base: prego, alfinete, pinico, perfume, talco, remédio, carro, tudo vinha  de fora.

Getúlio abre-se para o mundo convidando mais imigrantes. Fortalece o “ouro negro”. Negocia com Roosevelt: “Vamos para a guerra, mas, precisamos de recursos para construir a Companhia Siderúrgica Nacional” (aço para as nossas necessidades básicas). De volta à presidência, em 1954, Getúlio Vargas cria a Petrobrás. (assaltada, roubada, pelo timaço de corruptos de Lula e Dilma.).

Leônidas, artilheiro da Copa do Mundo 1938, encantou homens com a “bicicleta” e seduziu francesas com seu corpo atlético, rijo. Diamante Negro de Brésil , diziam: “era bom de bola e bom de cama”. Francesas pagavam porteiros do hotel para ver, e “ficar”, com Leônidas. Excelente para a imagem do Brasil. Mas, as “minorias” negras- ideológicas- lulistas não divulgam , não promovem, os negros que ajudaram a plantar a boa imagem do Brasil.

Carmen Miranda mostrou nos teatros da Broadway e no Cinema o que é que a baiana tem. Colocou o Brasil nos letreiros da fama. E o mais importante: com sorriso bonito, alegria, samba, música dançante.

A imagem de gente alegre, país bonito, hospitaleiro, grudou. Sem que o nosso governo gastasse um centavo. (Mas, Lula e seu time de dependentes “ideológicos” e seus “guerreiros do povo”, corruptos, sujaram essa imagem).

O sucesso de Carmen Miranda foi tão espetacular que a esquerda dependente do Partido Comunista da União Soviética, na mídia e nas universidades, baixou o pau em Carmen. A onda do momento era meter a lenha nos Estados Unidos: “Ela voltou americanizada”. Ou, “Ela se vendeu ao capitalismo”.

Com Carmen, posso citar centenas de brasileiras vitoriosas, excelentes profissionais, verdadeiras guerreiras. Nenhuma manchou a imagem do Brasil como fez Dilma, e suas frustradas, raivosas, revanchistas, incompetentes, desequilibradas.

A Força Expedicionária Brasileira, capítulo de nossa história na Segunda Guerra Mundial, pouco divulgado nos meios universitários e intelectuais. A esquerdopatia trata a FEB como assunto militar. Não é. Foi o Brasil com os Aliados na luta contra o nazifascismo, em defesa da União Soviética.

Juscelino- JK constrói Brasília abrindo o Brasil para o mundo. Lança a Operação Pan Americana, precursora da Aliança para o Progresso, da OEA, do Mercosul. (Lula não criou nada. Nenhuma divagação doutrinária. Na decoreba, no gogó, com frases de efeito, mentiras, seduziu milhões de seguidores- eleitores).

As vitórias de nossa seleção. Pelé. Maria Esther Bueno. Guiomar Novaes. Bidu Sayão. Villalobos. O show de Bossa Nova em New York. The Girl from Ipanema ( a música brasileira mais tocada depois de Aquarela do Brasil). Vinicius, Baden Powell, Toquinho, Maria Creuza. O filme Um Homem e uma Mulher. O Rei Falcão em Roma. Nossos craques no Barcelona, Itália, França. As cirurgias de Ivo Pitangui. Ayrton Senna. Giselle. O Carnaval do Brasil no mais famoso hotel do mundo. O Rock in Rio. Brazilian Day.

Só dava Brasil no mundo. Testemunha e “co-fabricante” dessa beleza brasileira, Eu estava lá no centro de New York, tambor do mundo.Atualmente, brasileiras anônimas, brasileiros conhecidos, continuam construindo a boa imagem do nosso país. E limpando a porcaria deixada por políticos e governantes.

A mando de Fidel Castro, foi reeditada a Conferencia Tri Continental dos anos 60. O governo Lula e Hugo Chávez bancam o Fórum de São Paulo. Na pauta, o Bolivarianismo. ( Jota Alves discursa no Seminário da Tri Continental, em Moscou).

Os dependentes lulistas acreditam no Socialismo séc..21 de Hugo Chávez, Evo Morales, Ortega, Lula. O resultado do delírio, do perigo, de uma América do Sul sem bandeiras e exércitos nacionais, está lá em Roraima. Nos bairros de Fortaleza. Na cracolândia paulistana. Nos morros cariocas.

  

Vitorioso absoluto. Um arco- iris de possibilidades e alternativas. Admirado. No início, brilhou em Davos e nos seus primeiros Encontros Internacionais. Jantou com Reis e Rainhas. Almoçou com George Bush em Campo David.

O primeiro presidente negro dos Estados Unidos, um discriminado, estendeu a mão ao primeiro operário presidente do Brasil, um discriminado: “Você é o Cara. Podemos trabalhar juntos”. Lula, virou-lhe as costas para dançar a milonga de Hugo Chávez.

Um ano de governo, e a primeira foto da corrupção oficial. Explode o Mensalão. Lula descendo a ladeira. No marketing e na mentira, tentou se sustentar de Fora pra Dentro. A emenda, pior que o soneto. Juntou-se à escória mundial. A foto maldita com Evo Morales, o presidente Cocalero.

A esquerda calada. A grande mídia calada. Nenhum Globo Repórter. Nenhum Profissão Repórter. Nenhum Bom Dia Brasil. Nenhum especial. Nenhuma pesquisa de Mestres, Doutores, para tentar saber, descobrir: o que aconteceu com Lula? A inteligência brasileira, universidades, meio ar-tístico com o rabo entre as pernas. Por comodismo? Por usufruir vantagens? Por covardia?

 

Qual o motivo, razões, causas, de tamanha guinada de caráter? De tamanho fracasso na imagem dele e do Brasil? Lula bebeu agua, uísque, cachaça, “preparada”? Aspirou algo?

Porfírio Mirandel, cubano, estudioso da Santería e do Voodoo haitiano, arrisca: “Hugo Chávez, como Noriega, tinha Pai-de Santo. Encomendava “trabalhos” da pesada contra adversários”.

“Na macumba, (Santería) no candomblé cubano, tem mais alegria, menos crueldade. No haitiano e no venezuelano, não. Pode-se especular que Lula esteve em uma dessas sessões. Ou Hugo Chávez mandou fazer “trabalho” para manter Lula sob seu controle”.

Tudo pode ter acontecido com Luís Inácio Lula da Silva. Mas, vítima ele não é. 40 anos no exterior, trabalhando, sofrendo, vencendo, chorando, ralando, pelo bom nome do meu país, eu jamais perdoarei Lula por ter emporcalhado a imagem do Brasil. (Segue, terceiro, e último: Lula sujou a imagem do Brasil).

Trilha sonora:

Divulgue. Encaminhe www.oreporternahistoria.com.br. Para ler textos opinativos envie seu e-mail para:oreporternahistoria.com.br. Se não tem e-mail, registre-se agora. É gratuito: Gmail, Hotmail, Yahoo, Ig…Ver Jotany Alves FACEBOOK. Ver www.diadobrasil.com.br. Textos, artigos, deste blog, podem e devem ser copiados, distribuídos, analisados, discutidos. Basta citar a fonte.