Trilha sonora:Roberto Carlos El Manicero (1997)

Ivanka, gaúcha, neta de ciganos búlgaros, paranormal, devoradora de livros históricos, escreve:

O Apocalipse político-social nem começou. Se houve Sodoma e Gomorra, aqui será réplica. Se não houve, aqui será a primeira vez.

imagesCAZDVFND imagesCAR1LMN3afonsopena untitledjulio prestes untitled

janio renuncia joaog untitlecosta e silva untitledTancredo JB untitledcollor caiu

ONZE presidentes não concluíram seus mandatos: crise institucional, interrupção de obras, gastança do dinheiro público. Desde a deposição do primeiro presidente da República o país não acerta o passo. O nosso DNA político não é bom.

Nos Estados Unidos, oito presidentes não terminaram seus mandatos. Quatro assassinados. Enquanto os americanos deram a volta por cima e seguiram em frente cada vez mais unidos e mais fortes no Brasil a ganância de poder, esperteza, covardia política, ignorância, emperram o “país do futuro”. Não é pessimismo. É a realidade. O que será construído, quando terminado, já estará obsoleto. Governado por mais Ideologia e menos Tecnologia o país estará sempre correndo atrás do tempo perdido. Do prejuízo social e material. Há povos que trabalham em direção ao Sucesso. Outros cavam o próprio Fracasso.

O brasileiro não tem estrutura psicológica e física para aguentar tragédia.

A interrupção gerencial-político-social de ONZE presidentes da República com seus apoios, políticas, prioridades, interesses, quebrou o equilíbrio e a harmonia do país. Cada presidência interrompida é uma “revolução”. Desestabiliza muito mais quem já carrega DNA de baixa qualidade ética e moral. Virou moda dar bens materiais. Para mais votos. Mais poder. Amansar. Calar. Castrar .Nenhuma nação foi adiante descartando valores e princípios éticos. O Material sem o Moral derruba o Institucional. Vivemos sob uma democracia anárquica alimentada por mitos e altíssimo nível de corrupção.

imagesCAMEZURAwashingtonOs principais eventos políticos do país são marcados por números ímpar. Nos Estados Unidos, Inglaterra, França, Suécia, Costa Rica, por exemplo, presidentes morrem, governos caem, passam, mas as instituições continuam sólidas. Com Instituições gelatinosas, nos momentos trágicos do Brasil, vampiros, canibais, urubus, aproveitadores, caem em cima da carniça. Ficam ricos e famosos. Viram “formadores” de opinião. Não formam caráter. No país do futuro todos se preocupam com o seu, com o momento. Com todo trem-bala do mundo o gatilho de nossas alternativas não dispara. Em recente viagem à Bulgária a cigana Liuba leu e mostrou o destino do Brasil. Eu chorei.

Quinze anos ditador

imagesCAOF2QHO   imagesCAO8JOFPrio   imagesCA1XIEKV

Getúlio Vargas não devia ter voltado à presidência. É sábio quem sabe a hora de entrar e de sair. Com uma estrada de ferro do Rio ao Acre JK teria “desbravado o sertão”. Com qualidade de vida. Sem destruição ambiental. Foi erro fatal desconstruir a bela capital de 400 anos de administração pública, escolas, artes. De formação da nacionalidade. O Rio nunca mais será o mesmo. Viverá da nostalgia de sua beleza natural degradada. Brasília, concebida para ser o Kremlin do Politburô brasileiro é a capital da nomenclatura, burrocracia, autoritarismo. De tudo ruim que o brasileiro concebe e produz. Estará sempre cercada por Godos, Visigodos, a espera de Atila, o Rei dos Hunos. Como Roma, Brasília será queimada.

Fi-lo porque qui-lo

imagesCA2YRTMMJânio Quadros é fruto da telepatia dos confusos. Ele despertou emoções verdadeiras. Levantou esperanças. Prometeu Reformas necessárias. Com a vassoura-símbolo de sua campanha limparia a sujeira. Mataria a “saúva”.

Estúpida e inexplicavelmente renunciou à presidência com um simples: “Fi-lo porque qui-lo”. E phodam-se.

Mesmo tendo desviado dinheiro para o exterior. Voltou a se candidatar. Votaram nele para prefeito de São Paulo.

Naquelas eleições o melhor teria sido Lott. Ministro do Exército ele garantiu a democracia na posse de JK. Com o Marechal Lott e João Goulart na vice o Brasil poderia se equilibrar na balança da Guerra Fria. Na luta entre direita e esquerda. O pais não cairia em uma ditadura.

Collor tinha tudo para dar certo

untitledcollor com a faixa collor caminhando pcfarias imagesCA5D0N3G

Fernando Collor cheio de vigor e vontade. Com a TV Globo inteirinha. O grande empresariado. O Caçador de Marajás tinha tudo para dar certo. O que PC Farias desviou não soma 15 milhões de dólares. Uma “merreca” para o que foi/é desviado do governo, depois dele. Ganância de poder, má formação política, autocracia, voluntarismo, destruiu Collor.

Lula tinha tudo para dar certo

imageslula e hugoDespertou emoções legítimas. Eu e a mãe nos emocionamos no dia de sua posse. Meu pai e irmão não deram um pio. Mas, o sangue cigano das previsões milenares falou mais alto: “não dou um ano para o primeiro grande escândalo de corrupção”. O Mensalão explodiu ao término do primeiro ano de governo. Com seu discurso de caridade abrangente, bondade social para pobres e ricos, conquistou apoio geral.

Mas, o seu DNA político é de embromação, malandragem “ideológica”. A ganância de poder levou o governo ao Mensalão pela corrupção. Á beira de ser cassado avisou: “não vou para o matadouro sozinho”.

Foi dar a volta por cima no exterior

YCA5UO2FPCA92GL2KCAKP99DYCAIYFHN9CA3K1QKWCA0V0M01CA86YP0XCAARTKD5CAT9A4CRCAFXLGNQCAFZ4L18CA8DCJZ1CALR0XUHCA4B4ZK9CAT6UW7XCASQ4P0YCANBAGZ3CAC3Y3A6CAPXOJCB untitledlula e kadafi imagesCAKYXSSP imagesmubarack

Itamaratianos aproveitaram o momento e o levaram para o mundo. “Chefe, o Senhor vai dar a volta por cima a partir do exterior. Sempre foi assim. De fora pra dentro”. Lula passou adiante a administração e foi discursar pelo mundo. Num sarro sutil o presidente Obama já tendo “espionado” discursos, amizades, posições internacionais, as mãos dadas com Hugo Chávez, Kadafi, Zelaya, Ahminejad, o batizou de o Cara. Na gíria da espionagem diplomática significa: “Olho nele. Not reliable. Double face”. Na tradução do técnico Joel Santana : “Lula é um face of wood”. Deixou de lado as Reformas prometidas e passou a conviver e aprender com o populismo chinfrim. Com ditadores. Com a escória política mundial. Na Era Digital Lula desviou o Brasil dos centros de Tecnologia. Pesquisa. Ciência. Cibernética. Modernidade.

Internamente, antropólogos, sociólogos, marqueteiros, da Esperteza Ideológica, disseram-lhe: “não queira descobrir a pólvora”. No Brasil, tudo é tão óbvio. Tudo é tão fácil. E passaram a fazer o que seus ancestrais políticos fizeram sem marketing politico, sem TV Globo. Com embalagem bonita e frases sedutoras para novo tipo de: botina-testa-de-ferro, dentadura, facão, enxada, machado, foice, feijão, carne salgada, linha, botão, Cibalena, Biotônico Fontoura, Emulsão de Scott, Óleo de rícino, Sal Amargo...”

Médicos de Cuba. Pedreiros do Haiti. Domésticas da Bolívia.

73715c097259c228af0648823d754407Com bilhões em universidades federais, isenções de impostos para faculdades particulares, o “maior país do mundo” ter que importar médicos é uma Vergonha. Lula não sabia dessa deficiência? Não tinha um plano para resolver a precária situação da Saúde pública? ONZE  anos no poder, com tudo na mão, cofre, chave, maioria no Congresso, apoio das Centrais Sindicais, Igrejas, TVs, Rádios, Jornais, ONGs, o que Lula e sua gente fizeram/fazem no governo? Já estamos importando pedreiros do Haiti. Carpinteiros da Argentina. Domésticas da Bolívia.

Milhares, somando várias Bolsas não estudam, não trabalham, não se ocupam com nada. Nesse vazio existencial, moral, o caminho mais curto para a degradação é a prostituição e o crak. Meia entrada  ou gratuidade para marmanjo até 29 anos de idade ver filme, teatro, show é tapa na cara da dignidade humana. È muita humilhação. E Lula e a sua banda dizem que estão certos. Que sabem fazer bem feito. O crime aumenta. A educação não melhora. Saúde pública cada vez pior. Segurança pública e policiamento de fronteira calamidade. Lula e Cia. sabem fazer bem feito é suavizar o cabresto para manter o freio na cabeça de brasileiros. Imaginemos em 10/20/30 anos o resultado dessa política de Estado-babá e a geração do nem estuda, nem trabalha. Por essa e outras eu chorei quando a cigana Liuba leu o destino do Brasil.

Para o bem do país Lula não deve voltar.

Lula Derrotado dando bananaPregam a volta dele. “Como Getúlio, o baixinho voltará”. Seu discurso das “elites desse país” não cola mais. Ele governa com as elites. Ele passou a ser elite. Quando governante se estende no poder começa a sentir-se indispensável. “Sem mim essa coisa não anda”. Despreza o passado e as instituições. O “nunca antes na história desse país” de Lula é o “fi-lo porque qui-lo” de Jânio Quadros. Em recente Encontro de seu grupo político ele mostrou o nível de superioridade típica do populismo autoritário:”não precisamos de formadores de opinião e de lições de outras pessoas…nós sabemos fazer e fazemos bem feito. Tipo, taqui uma banana pra vocês. Eu sou mais eu. Eu sou o Caminho, a Luz, a Verdade”. Sua ministra de Cultura conclamou para os gentios: “Lula é Deus”. 

Ele deve distanciar-se do governo. Neste momento, Lula é o vírus. Dilma é a febre. Ele foi bom e ruim para o Brasil. No empate, é melhor retirar-se com elegância. Escrever suas experiências. O seu Instituto deveria construir escolas, creches, bibliotecas, museus, hospitais especializados, nichos de beleza e lazer. Manter o mínimo de dignidade que se espera de um presidente do Brasil. Morrer com paz no coração. Tentar ser lembrado como um homem de Bem e do Bem. Não como o Juan Perón de Garanhuns. Hugo Chávez do Brasil. Kadafi das Américas. Ex-presidente lobista exportador de corrupção.

Quem faria o que Getúlio fez?

vargas imagesCAX4TYR1 imagesCAGU87ZP

Em Pomerode, trabalhei nisso muitas noites. A lista foi enviada para a Bulgária. Nas catacumbas de meus ancestrais a vinte Km de onde nasceu o pai da presidente Dilma os Czares do Saber Wolverine concluíram: das Setenta lideranças políticas analisadas, sob pressão máxima, apenas Quatro teriam coragem de fazer o que Getúlio fez. Dois atirariam na cabeça. Dois no coração. Três se suicidariam com remédios. Um pularia de prédio.

A covardia é um traço marcante nos políticos brasileiros. A maioria do eleitorado não se interessa pelo desempenho dos eleitos. A República começou muito mal. Desde a deposição do Marechal Deodoro da Fonseca não acertamos o passo. Na frouxidão cívica, com o cupim da corrupção nas instituições, ninguém parou para pensar o futuro do “país do futuro”. Caminhamos como zumbis para o abismo. Sambando, torcendo, mostrando bundas, cartão de crédito, riqueza e pobreza descomunais.

Vota-se primeiro. Pergunta-se depois. Querem Ficha Limpa devem exigir Ficha Saúde Boa. De todos os candidatos a cargos eletivos. Com mais rigor de candidatos a presidência e a vice da República. Os trejeitos, olhares, passos, discursos, de Jânio Quadros e Fernando Collor, indicavam distúrbios psicológicos. Há os que disfarçam bem. Enganam médicos. Louco é sempre o outro. A presidência da República tem sido sanatório e hospital para tratamento exclusivo pago com dinheiro arrecadado do brasileiro. Vide Café Filho. Costa e Silva. Itamar Franco. Vide José Alencar. Lula. (Ivanka, do Sul frio).

Quem imita quem? Vou rodar a baiana.

-generoso-claudia-leitte-grava-o-dvd-axemusic-em-recife-com-a-presenca-de-convidados-como-o-cantor-wesley-safadao-naldo-wanessa-camargo-1375622644148_300x210 2279421-size-598

Com tanta gente cabeça na minha Bahia. Costureira de mão boa e pano-da-Costa a Cláudia Leitte aparece arremedando a Jeniffer Lopez. Saudade danada de Nana Caymmi. Gal Costa cantando Aquarela do Brasil. Sonho Meu com Maria Bethânia. Simone num samba rasgado. Hoje, a Bahia canta com pernas, bundas, peitos, saídas de armário. Um acarajé pra quem adivinhar qual imita qual. Zezé/ Jequié/Lisboa. 

“Eu só abro a boca quando tenho certeza”

imagesCAC1TLXE  imagesCAQ3IPIL  Lula lingua

Gostei do Agente 008. Pra quem bate palmas é bom saber que Hong Kong fica na China. “O rapaz que presta grandes serviços às liberdades democráticas” saiu de seu país e foi direto para onde não há liberdades democráticas. Depois foi para a Rússia. Onde não há liberdades democráticas. Tem é muita censura e prisão na Sibéria. Quem banca o Snowden ? A CIA manda dinheiro pra ele? Que tal uma Senhora, Médico, Tio, Dilma, Dirceu, Suplicy, Frei Beto, pedir ao Lula pra fechar a matraca. Afinal ele é o presidente do Brasil. Nos deixa mal perante o mundo civilizado falando besteiras. Ou ele não escuta ninguém? Lula, faça como Ofélia: “eu só abro a boca quando tenho certeza”. Roberto, BH/Boston.

Acorda Lula Snowden é espião. “Rapaz das liberdades democráticas” é meu joelho. Espião por dólar Lulão metido a espertalhão. João, Recife.

InstagranBrazilianDay2013-300x300 thumbs_braziliandaysandiego-007 tShirtBD13

Nova York, Newark, Boston, Los Angeles, San Diego, Miami, Orlando… Com ou sem TV Globo o “seu filho” cresceu pelo mundo com musica, alegria. Você disse: “a gente sai do Brasil, mas, o Brasil não sai da gente”. O Brazilian Day é patrocinado pelo The Brasilians jornal que você fundou e editou por muitos anos na Rua brasileira de NY. Tirante as novelas O Dia do Brasil que a TV Globo “chupou” é o único evento que ela promove no exterior. Seu nome JA foi cortado dos créditos e promoções. O mesmo a TV Globo fez com a peruana Chabuca Granda autora do tema e compositora da música Fina Estampa. Por aqui a novela é Marido de aluguel. Lindos foram os carnavais e as suítes no Waldorf Astoria. Gostei de estar a seu lado no primeiro Dia do Brasil. Celebramos com emoção e alegria no Via Brasil Restaurante. Aprendi a ter saudades com você. Mirasol, Acapulco/Natal.

imageAmendoim  Amendoim  Rei do Amendoim  imagesMarcio

O Rei do Maní: Quando voltei de Nova York, e no governo de Mato Grosso, a procura de amigos das peladas, do movimento estudantil, do Rádio e Jornal, eu frequentava bares e botecos famosos. No Fornão, conheci o Pequeno Príncipe do Amendoim. Ele já dominava a arte do negócio. Nunca perguntava “que comprar amendoim?”. Deixava na mesa os pacotinhos e voltava pelo cruzado. No calor de Cuiabá cerveja gelada com amendoim vai bem. E agora a notícia bonita. O baiano Marcio Eça criador do Rufa no Bombo informa que o Pequeno Príncipe é hoje o Rei do Amendoim da Cidade de Nosso Senhor Bom Jesus de Cuiabá Sede da Copa do Mundo. E ao Rei pelo Rei eu dedico a trilha sonora deste RH explicando:

Em Cuba, onde estou neste momento,  maní é amendoim. Nós não temos a expressão amendoimero. Falamos vendedor de amendoim. Manicero em Cuba é o vendedor de amendoim. Nesta tranquilidade, na certeza de atendimento médico, segurança pública, saboreando rum de exportação, o azul do mar do Caribe, ouvindo mambo, rumba, cha-cha-cha, salsa, reggae, hip-hop, comendo amendoim na sensualidade de mulatas cubanas/cuiabanas luto para ser um bom socialista, mas, com produtos capitalistas. O meu lap aqui é praticamente inútil. Não há banda larga em Cuba. A internet é ruim. Mas, se Lula e Zé Dirceu podem ser socialista e capitalista. Por que eu não posso? RH, Varadero, Cuba.

Para a Sra. Dilma. Sr. Lula. Sr. Patriota. Para a Sra. Maria do Rosário.

1322733Duzentas mulheres foram estupradas no Egito recente. Violação de direitos humanos a toda hora. No Irã, Nina Moradi, 27 anos, obteve 10 mil votos para vereadora. Por ser bonita, defender mulheres, foi proibida de assumir o cargo. “Não queremos uma modelo na prefeitura”, disseram.

Clitóris são extirpados a canivete. Mulheres mortas a pedradas. Enterradas vivas. E o governo do país de meu marido fica calado. Lula vivia de mãos dadas com Ahmedinejad, Mubarack, tiranos. Por que o Sr. Patriota não leva comissão à ONU como fez em protesto pelas escalas do avião do presidente da Bolívia. (O qual deveria ter sido vistoriado na ida, não na volta). Faz campanha contra os Estados Unidos que se defende com inteligência cibernética de ataques terroristas. Aplaude  espião a serviço da Rússia. Afinal para onde vai o Brasil? Samira Vilella/ BH.

NOTOPI. Notícias com opinião. Escreve que eu publico: oreporternahistoria@gmail.com

Divulgue. Encaminhe: www.oreporternahistoria.com.br