Trilha sonora: João Donato desta trilha sonora nasceu no Acre.

 

images.jpgandre2 andre girogeral_051113_4.jpgandre 4

Enquanto “ heróis e gênios da bola padrão TV Globo/CBF/Governo”, com altissímos salários, gratificações,  badalações Fantásticas por “ficarem” com Marias Chuteira globais, e com tudo a favor, eram vergonhosamente derrotados manchando para sempre a imagem do futebol brasileiro, o jovem acreano André Melo ganhava de goleada. Enobrecendo a sua gente e valorizando a sua terra.

André, 19 anos, conquistou cinco bolsas integrais em universidades dos Estados Unidos: Yale, Duke, Brown, Babson e Georgetown. A escolhida pelo estudante acreano foi Yale, que fica em New Haven, no estado de Connecticut, a cerca de 1 hora de Nova York.

“Eu gosto de muitas áreas, sou muito interdisciplinar. Penso em economia, relações internacionais e até jornalismo. Mas vai depender do que eu me interessar ao longo do curso, já que nos EUA você não passa para um curso: você passa para a instituição. O direito vai ficar para a pós-graduação”.
O acreano foi selecionado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como editor internacional de uma publicação global sobre educação. E pela Hesselbein Global Academy como um dos 50 estudantes líderes de ponta.

Parabéns, André! Você honra a sua família e sua gente acreana. E entra para a galeria dos que promovem e divulgam a boa imagem do Brasil no exterior, danificada por políticos espertalhões, corruptos. Nesta década de Atraso, de Quarto Mundo, distantes dos centros de Tecnologia, Ciência, Pesquisa, Modernidade, você André, é esperança. É luz no túnel do Obscurantismo e Trevas que se abatem sobre o Brasil!

Copa & Cozinha

14198178 alemanhaeuro-500x385

Mesut Ozil doou o dinheiro da premiação pela conquista do tetracampeonato mundial para financiar 23 cirurgias de crianças brasileiras. Ele já havia ajudado em onze cirurgias.” O faço em retribuição à hospitalidade daqueles que bem nos receberam e conviveram conosco em harmonia e alegria lá na Bahia”. Há informação que a seleção alemã doou aos índios Pataxós R$ 800 mil reais.

Enquanto jogador brasileiro esnoba a galera comprando casa de 5,2 milhões para curtir e “ficar” com a sua Maria chuteira global o craque Oziel da vitoriosa seleção alemã banca 23 cirurgias em crianças. Jogadores alemães doaram bicicletas para escolas da Bahia. Cada bike 3 mil .(Marilda, Itabuna).

Aprender com a Alemanha não somente no futebol. Mas, na organização, caráter, disciplina, seriedade, honestidade. Nas eleições também. “Na Alemanha, por exemplo, existem seis partidos, que cuidam da própria subsistência e estão sujeitos à cláusula de barreira: os que não alcançam um número mínimo de votos caem fora do Congresso”.
“Para os alemães, aliás, 13 sindicatos de trabalhadores bastam. No País do Carnaval e da Copa, os sindicatos passam de 15 mil. Nenhum partido político precisa ter voto para entrar na festa das verbas federais”. “Até siglas sem vereadores são sustentadas pelos brasileiros, implacavelmente, extorquidos pela Receita Federal. Dos seus bolsos saíram os R$ 286 milhões distribuídos pelo Fundo Partidário em 2012”. (Paulo, Berlim).

Felipão dançou: Muito bem pago, mas, decepcionante. o técnico de futebol que conseguiu a maior derrota da seleção brasileira numa Copa do mundo foi demitido pela CBF. Pesquisa mostrou que brasileiros não querem técnico estrangeiro à frente da seleção.

Índice.jpgChorar David Luiz durante-o-jogo-no-mineirao-felipao-mostra-quantos-gols-o-bra

Usaram e abusaram de crianças. Banco, cervejaria, governo, telefonia, usaram e abusaram de imagens de crianças para vender seus produtos. Vergonhoso e criminoso. Cresce no país o número de crianças com sérios problemas psicológicos, desajustes emocionais, mau comportamento escolar.
Venderam pela TV “heróis e gênios”. Travestiram crianças de Davi Luiz, Hulk, Newmar, Thiago Silva. Aí vieram as derrotas e a choradeira. Os “santos de barro” destruídos arrebentam o psicológico das crianças. Mas, o Brasil sobrevive com a cultura da “merreca” e do topa tudo por dinheiro. Lágrimas de crianças valem ouro. ( João, Zurique)

Fragilidade emocional: O ex-jogador alemão Lothar Matthaus, capitão da seleção campeã do mundo em 1990 criticou a fragilidade emocional dos brasileiros: “Não entendo por que um jogador de futebol chora”. “Brasileiros sempre choram. Toca o hino, choram. Eliminam o Chile, choram. Perdem para a Alemanha, choram. Eles têm que mostrar que são homens e fortes dentro do campo. Nunca vi nada tão nefasto como a linguagem corporal dessa equipe”. “A França perdeu Ribéry e não ouvimos nada. A Colômbia ficou sem o Falcão Garcia e a Alemanha sem o Reus. Em vez de choramingar- como fizeram os brasileiros- com a saída do Newmar- eles mostraram que podiam conseguir sem o companheiro de time”. (Mário, Campinas).

Pão e Circo: Senadores e chefões da Guarda Pretoriana alarmados com a onda de protesto, depredações, vandalismo, foram ao imperador Tito, filho de Vespasiano, aquele que começou a construção do Coliseum: “Ave César, o povo está revoltado, nos faz ameaças”.
Tito respondeu “Abriremos os portões da maior arena que os romanos já viram. Daremos 100 dias de festas. Aumentaremos a ração de trigo e vinho e tudo se acalmará e o povo nos aplaudirá”. Ad captandum vulgus, panem et circenses. (Para seduzir o povo: pão e circo) 26/6/ano 79 D.C e 26/6/2014 .(Ronan, BH)

3

SALÁRIOS DOS 23 JOGADORES:

Os salários precisam ser confirmados. Mas, diante da derrota humilhante, do fracasso em casa, vale conferir. Jogadores podem e devem ganhar o melhor. Não podem dar desculpas esfarrapadas, covardes, “deu branco”. Apagão? Todo apagão é temporário. Depois do 7 a 1. Mais a derrota frente com a Holanda. E mais partidas eles jogassem, mais derrotas.

O que você faria com empregado relapso? Gerente incompetente? Com gente que pode levar a sua empresa à falência, à vergonha? Os que jogam no exterior- e ganham fortunas- desfrutam da fama por serem brasileiros e bons de bola. Eles não podem desonrar a camisa da seleção. Não podem menosprezar os brios do povo. Quanto mais choram mais faturam em publicidade. Choraram lágrimas milionárias.

A CBF têm quatro anos para descobrir novos talentos. Há dezenas de Neymar, David Luiz, Hulk, pelo Brasil afora. Tem que acabar com a panela e a corrupção, que dominam o futebol brasileiro. Com novos craques, os chorões da Copa 2014 pensaram duas vezes antes de ficar posando para TVs, desfilando com Maria Chuteira Global, esnobando compras milionárias. (Francisco, Lisboa)

Goleiros: ● Júlio César (R$ 530 mil/mês)● Victor (R$ 235 mil/mês)● Jefferson (R$ 250 mil/mês);

Defesa: ● Thiago Silva (R$ 3,2 milhões/
mês)● David Luiz (R$ 418 mil/mês)● Dante (R$960 mil/mês)● Henrique (R$ 100 mil/mês)● Daniel Alves (R$600 mil/mês)● Maicon (R$ 1,2 milhão/mês)● Marcelo (R$ 830 mil/mês)● Maxwell (R$ 1,08 milhão/mês);

MEIO-CAMPO: ● Fernandinho (R$ 1,2 milhão/mês)● Luiz Gustavo (R$ 660 mil/mês)● Paulinho (R$ 1 milhão/mês)●Hernanes (R$ 800 mil/mês)● Ramires (R$ 656 mil/mês)● Oscar (R$ 475 mil/mês) ● Willian (R$ 625 mil/mês)

ATAQUE: ● Hulk (R$ 2 milhões/mês)● Bernard (R$ 1,1 milhão/mês)● Fred (R$ 750 mil/mês)● Jô (R$ 150 mil/mês)● Neymar (R$ 5 milhões/mês). (Rafa, Paris)

Lavagem da Rua 46

imagesIAWK5I7N.jpgsilvana magda  imagesV0YPXU2S.jpglavagem da 46

A baiana Silvana Magda a mil por horas organizando mais uma Lavagem da Rua 46 que começa no Times Square, desce pela Broadway, atravessa a Rua 46, The Little Brazil, ate ao palco na esquina da Madison Avenue para apresentações e shows.
A Lavagem faz parte da Semana Brasileira de Nova York que antecede o Brazilian Day criado em 1985 e dedicado ao presidente Tancredo Neves, baluarte na luta por democracia e liberdade que faleceu antes de assumir. Informações: 917-5288151/ 212-3986464.

Dez cidades com melhor qualidade de vida: Sydney, Zurique, Singapura, Portland, Hong Kong, Nova York, Frankfurt, Curitiba, Montreal, Barcelona. (Traveler Digest).
As dez cidades mais caras do mundo: Tóquio, Osaka, Sydney, Oslo, Melbourne, Singapura, Zurique, Paris, Caracas, Genebra (The Economist).

Som Brasil em Nova York

B aby

Brazil Station informa:

July 20 @ South Street Seaport– Baby do Brasil
July 21 @ Cielo – DJ Tutu Moraes, Francois K
July 21 @ Blue Note – Baby do Brasil
July 22 @ City Winery NYC – ROGÊ
July 22 @ (Le) poisson rouge – Arto Lindsay
July 23 @ Nublu – Bárbara Eugênia
July 23 @ Brooklyn Public Library – Forroteria
July 23 @ Joe’s Pub – Casuarina
July 24 @ Lincoln Center Out of Doors– A Batalha do Passinho w/ DJ Sany Pitbull & MC Smith
July 24 @ Meridian 23 – Rodrigo Del Arc, ROGÊ
July 25 @ Joe’s Pub – Monday Michiru
July 25 @ Blue Note – Mauricio Zottarelli
July 26 @ Joe’s Pub- BaianaSystem
July 26 @ Glasslands Gallery – DJ Sany Pitbull, MC Junior, MC Leonardo, Zuzuka Poderoa, Nego Mozambique
Baby do Brasil – Thursday, July 21 at 8pm

O belo exemplo da seleção japonesa:

“Ao recolher os lixos nos estádios, onde sua seleção futebolística jogava, marca gol sobre gol inigualável. Aqui não se trata de apenas educação ambientalista, mas de hábitos cívicos trabalhados em defesa dos fins maiores e sociais”. No Japão, 77% dos lixos sólidos (dados de 2012/2013) são reciclados. As garrafas e plásticos, por exemplo, têm índice de 72% (até 1995, não passavam de apenas 3%).
Latas (cervejas, refrigerantes etc.) 88% de reutilização. A parte biodegradável já virou fertilizante. E o que não pode ser reciclado resta incinerado e gerando energia elétrica. Tóquio tem bairros com reaproveitamentos dos lixos de 100%.

O Brasil recicla 3% do seu lixo sólido. 77 milhões de toneladas de lixo simplesmente desperdiçados com 58% sequer aterrado. E se tratasse com aterros sanitários, e aqui nem se fala em outra forma mais evoluída, poderia jogar mais de 1% na demanda de energia elétrica. Poderia aumentar em até U$ 35 bilhões anuais seu PIB.

Apenas 144 cidades tem aterro dentro do padrão técnico. Incrível, que ao não reaproveitar o biogás deixa de oferecer 110 mil novos empregos. Aqui a lei é promover impune o desperdício bestial. Aterros sanitários tecnicamente no Brasil exigiriam um investimento público de até U$ 2 bilhões ao ano, mas retornáveis aos cofres públicos.

HÉLCIO CORRÊA GOMES é advogado e diretor-tesoureiro da Associação dos Advogados Trabalhistas de Mato Grosso.

Teste seu BR

untitled.pngCarlos Gomes untitled.pngVanja Orico untitled.pngLeny

1. Ele nasceu em Campinas. O que produziu pelo Brasil? 2. O nome dela é Vanja Orico. Ajudou a projetar o Brasil. Como e onde? Em quantos idiomas cantava Leny Eversong e onde ela se apresentou com grande sucesso nos Estados Unidos?

Divulgue. Encaminhe: www.odiadobrasil.com
Haverá Brazilian Day no país onde você se encontra? Haverá celebração do 7 de setembro? Envie notícias, imagens, agenda, logo marca de associações, grupos, Face, para: jotalvesnymt@gmail.com. Ver página no FACEBOOK. Envie seu e-mail para receber www.oreporternahistoria.com.br.

Nota: Em mudança de versão do Word Press estamos usando o espaço do brother www.oreporternahistoria.com.br. 

* Jota Alves fundou o jornal The Brasilians e criou o Brazilian Day em Nova York. Formado em Direito Internacional, Moscou. De regresso ao Brasil foi Secretário de Governo em Mato Grosso, seu estado natal. Criou o www.oreporternahistoria.com.br. Edita www.odiadobrasil.com. Colabora com blogs e publicações no exterior. jotalvesnymt@gmail.com. FACEBOOK.