Trilha sonora: NELSON GONÇALVES MEU BUENOS AIRES QUERIDO

 

internacional-papa-francisco-20130314-04-size-598  a bandeira argenti 

Pela filosofia e lógica de boteco é simples: o Papa é a imagem e a voz de Deus na terra. Se o Papa é argentino, Deus é argentino. “O melhor do mundo em tudo” nós fomos acostumando com a benevolência divina. Tínhamos Deus do Céu e Deus da Terra. Marta Suplicy reconfirma: “Lula é Deus”. Ele mesmo se compara a Jesus, Lincoln, Gandhi, Getúlio Vargas, Nelson Mandela…

Doravante, ficaremos apenas com o Deus brasileiro, líder de partido político. E brasileiro, católico ou não, ao prestar homenagem ao Papa Francisco, ao Papa Chico, estará beijando a mão de um argentino. Maradona está rindo de Pelé. As piadas já estão na web: “Aguentar um argentino é dose. Dois argentinos é porre. Uma multidão de argentinos gritando Viva Messi, Viva o Papa, Deus é argentino, é a pior ressaca do mundo”.

São Francisco de Assis ou São Francisco Xavier?

                    SÃO FRANCISCO     imagesCAENDUUL.jpgSFXAVIER

Ambos jesuítas. Ambos canonizados pelo imenso trabalho desenvolvido em missões. Assis, italiano. Criou o primeiro presépio adornando a gruta do nascimento de Jesus com animais. Santo da Ecologia. Fundador da Ordem dos Franciscanos. Voto de pobreza e bondade com pessoas e animais. Xavier, espanhol, o Apóstolo da Índia. Também chamado de o São Paulo do Oriente, ajudou Inácio de Loyola a fundar a Companhia de Jesus. È o Padroeiro de todas as Missões. Sobre a sua morte com apenas 46 anos há versões. Esgotado pelas muitas viagens no extremo oriente teria contraído febre (talvez malária, tifo) e não resistido. Ou teria sido crucificado por pagãos chineses. No Brasil, principalmente, entre os nordestinos São Francisco de Assis é mais festejado. Seu dia é 04 de outubro.

“Francisco, restaura minha casa decadente”.

Teria ouvido Francisco de Assis. O jovem de família rica, mas, com uma imensa pobreza interior, foi à luta. Reconstruiu a igreja de pedras e montou fortes alicerces doutrinários para a sua Igreja católica, universal. Não importa se Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, argentino, filho de imigrantes italianos adotou Francisco de Assis ou Francisco Xavier, ou ambos. O Papa Francisco terá sim que restaurar a banda podre de sua Igreja e sob os ensinamentos de ambos, Assis e Xavier, dar um duro danado para colocar a casa em ordem. E fazer voltar as Missões com Educação e Saúde, marca positiva da Igreja Católica ao longo dos séculos.

Como sul-americano torço pelo sucesso do Papa argentino. Quiçá ele consiga desanuviar a atmosfera pesada que se abate sobre os povos deste continente. Não é o canhão das guerras, o fogo das artilharias, nem as baionetas, que estão destruindo o viço e a beleza de nossa gente. È o uso e o abuso da politica com p minúsculo. A demagogia. A malandragem eleitoral. A corrupção. Que fazem sangrar as veias da América Latina. São outros e mais destruidores os agentes da exploração moderna.

Uma nova Teologia da Libertação

Deve ser iniciada para livrar a nossa gente do imperialismo de falsos Deuses. Da exposição de múmias com fins políticos. A idolatria e acelerado culto à personalidade com fins eleitorais para a tomada ou manutenção do poder. Melhor faziam Reis e Rainhas da antiguidade que idolatravam aves, jacarés, cobras, o Sol, a Lua. Há uma corrente de beneficiados voltando ao canibalismo mental. Ao primitivismo social de caverna. À barbárie.

animal imagesCAS5DIHH.jpphoenoi   cobra

Os antigos preferiam idolatrar cobra, ave, jacaré. cachorro, o Sol, a Lua, animais protegidos por São Francisco de Assis que delirantes, mentirosos, safados, espertalhões, que exploram o povo anestesiado por Deuses e Vênus locais.

Quando surgiu e se fortaleceu a Igreja cristã foi um avanço colossal para a humanidade. Ao deslocar a sua força missionária e poder da Europa para as Américas- o Novo Mundo- o Papa Francisco coloca em evidência os pobres, os descamisados, explorados, da África e da Ásia. O seu rebanho continua o maior do mundo religioso: mais de um bilhão no planeta sendo 480 milhões na América Latina. Portanto, nada contra beijar a mão do Hermano argentino.

peleemara

 Sam Lorenzo

O primeiro milagre do Papa Francisco: Pelé e Maradona que revidavam ofensas, finalmente juntos, sorridentes. Amigos para siempre. O Arcebispo de Buenos Aires Papa Francisco- ou Papa Chico- é torcedor roxo do time San Lorenzo. 

Quem sabe o Papa argentino -nosso vizinho- ilumine aquela que se proclama a maior nação católica das Américas. Mas, se chafurda na lama da corrupção desenfreada, por toda parte, em todas as suas instituições. Que se embrutece assustadoramente. Que carrega o troféu mundial de crimes hediondos.

Que o Papa Francisco “comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente ele estará fazendo o impossível” como ensina São Francisco de Assis.

=======================================================================

Divulgue. Encaminhe as novas opinativas: www.oreporternahistoria.com.br

oreporternahistoria@uol.com.br